Dieta para grávidas

Dieta vegana

Aprenda quais tipos de alimentos são essencias para garantir um desenvolvimentos perfeito do seu bebê, e para passar uma gestão melhor.

O QUE NÃO PODE FALTAR NA DIETA:

Vitaminas
Todos as vitaminas e minerais são de suma importância. Na gestação, podemos dar maior ênfase ao acido fólico, acido ascórbico, vitaminas B6, A, D, E, K, cálcio, fósforo, ferro, zinco, cobre, sódio, magnésio, flúor e iodo. Para suprir as nossas necessidades é extremamente importante uma alimentação diversificada incluindo cereais, produtos integrais, oleaginosas, frutas, legumes, verduras, laticínios e carnes nas quantidades recomendadas. Os minerais e as vitaminas possuem funções específicas que garantem a saúde da mãe e o perfeito desenvolvimento fetal. É fundamental que a “futura mamãe” tenha hábitos alimentares saudáveis e “escolha” os alimentos corretamente garantindo a ingestão de todos os nutrientes necessários.

Proteínas:
Ocorre a necessidade de um adicional proteíco para suportar a síntese de tecidos maternal e fetal. É importante compreender que é importante adequar a alimentação em relação a  energia e proteína. O crescimento é um processo complexo que requer mais do que um fornecimento adequado de proteínas e  energia. Para garantirmos uma gestação saudável, ocorre a necessidade de uma ingestão de vitaminas e minerais dietéticos e/ou suplementados.

Energia:
Encontrar o requerimento energético ideal é difícil, porque ele está correlacionado com o peso da mulher antes da gravidez, o ganho de peso, período da gestação e a atividade física. De acordo com as Quotas Dietéticas Recomendadas (RDAs) é necessário um adicional de 300Kcal no período da gestação, em especial no segundo e terceiro trimestre.

Exemplo de Cardápio
Café da manhã
Laticínios: leite ou iogurte ou queijo magro
Pão de centeio ou integral ou francês
Creme vegetal
Frutas ou sucos de frutas ou ambos

Lanche Matinal
Vitaminas de frutas ou leite com frutas, laticínios magros ou frutas

Almoço
Verduras e legumes crus ou cozidos, consumir todos os dias em grandes quantidades.
Arroz integral ou branco ou massas
Carnes magras, no caso de frango, sem pele ( retirar a pele no preparo)
Acompanhamento – legumes e verduras cozidos, evite frituras
Sobremesa – frutas ricas em vitamina C ou suco de frutas ricas em vitamina C – acerola, Kiwi, morango, goiaba, açai, laranja, limão, tomate e couve – antioxidante e melhor absorção de ferro.

Lanche Vespertino
Leite magro + café + bolachas ou torrada

Jantar
As preparações devem ser de fácil digestão, pois geralmente as pessoas têm atividade muito sedentária após o jantar (assistir televisão, dormir, ler, estudar).
Sopas ou saladas completas.
Caso opte pelo consumo de carne, recomenda-se a ingestão de pequenas quantidades de carne e prefira as brancas e no caso das vermelhas em preparações moídas ou em sopas.
Optar pela salada + sopa ou pela salada + lanches.
Lanches com frios magros + verduras cruas e cozidas + sucos

Ceia
Mingau de aveia + leite magro ou chá + fatia de queijo magro ou um copo de iogurte magro + uma fruta.

Outras dicas:
Ingerir alimentos ácidos e gelados para amenizar os enjôos das primeiras semanas. Não consumir pratos muito pesados com gorduras, não fumar e prestar muita atenção á quantidade de sal e óleo nos alimentos.
Evitar a ingestão de mais de 2 xícaras de café por dia.
Mas lembre-se procure sempre a ajuda de um profissional para ter uma gravidez saudável e perfeita.


Comente!


Voltar ao topo ↑