Dieta pastosa

Dieta pastosaA dieta pastosa é uma opção de alimentação com facilidade de absorção do estômago, auxiliando em pacientes com cuidados especiais por proporcionar um repouso digestivo. Os alimentos são ingeridos na forma de purês, amassados, moídos ou liquidificados. Pratos como mingaus ou mousses também compõem a receita. Carnes são batidas, trituradas ou desfiadas.

Normalmente a dieta estabelece seis refeições diárias e a ingestão calórica gira em torno de 2.000 kcal por dia, variando conforme as prescrições médicas. A dieta pastosa é indicada para pacientes hospitalares, com problemas neurológicos, doença do esôfago ou falta de dentes. Em pós operatórios e em fases críticas de certas doenças como as cardíacas e respiratórias, a dieta também se faz presente. Em fases de transição, a dieta pastosa conta com controle de resíduos.

Todos os grupos alimentares são permitidos na dieta pastosa, porém são evitados pães duros com sementes, hortaliças cruas, frutas de maior dificuldade em preparar purês, iogurtes com pedaços de frutas e carnes duras, empanadas ou gordurosas.

Cardápio para a dieta pastosa

Café da manhã: 1 xícara de leite desnatado e 1 fatia de pão macio com margarina light.

Lanche da manhã: Frutas amassadas de sua preferência.

Almoço: 3 colheres de sopa de arroz mais empapado, 1 concha pequena de feijão, 3 colheres de sopa de carne moída e 2 colheres de sopa de purê de cenoura.

Lanche da tarde: 1 pote de iogurte natural sem gordura com mamão.

Jantar: 1 prato de macarrão cozido com frango cozido e 2 colheres de sopa de purê de abóbora.

Ceia: 1 xícara de chá com 1 fruta pequena amassada.


Comente!


Voltar ao topo ↑