Dietas hospitalares

Dietas hospitalaresO intuito inicial de qualquer dieta é a redução ou ganho de peso e assim conseguir alcançar o corpo desejado, mas algumas delas tem como intuito preparar pacientes para cirurgias ou em pós-operatórios, as dietas hospitalares.

As dietas hospitalares são utilizadas em prés e pós-operatórios e preparo para exames, tendo como características a hidratação, manutenção do trato gastrointestinal, com baixo teor calórico e proteico. Elas podem ser divididas pela sua consistência, dependendo da patologia ou condição especial apresentada pelo paciente.

Divisão de dietas hospitalares

  • Líquida S/R: Indicada para pré e pós operatório, mastigação, deglutição, diarreia aguda, infecções graves e perturbações do aparelho digestivo.
    É uma dieta extremamente restritiva, não devendo ser seguida por mais de 3 dias devido ao déficit calórico, composta de alimentos como canja, gelatina e sopas. Também é isenta de fibras.
  • Líquida: Indicada para problemas de mastigação e deglutição, casos de afecções do trato gastro intestinal e em alguns pré e pós-operatórios.
    Os alimentos indicados são todos liquidificados, como leites, sucos e mingau ralo. O teor de fibra é baixo.
  • Pastosa: Indicada para pacientes com alterações da boca ou esôfago, com dificuldades na mastigação ou deglutição, com danos neurológicos, sem arcada dentária ou em idosos.
    Os alimentos indicados são sopas cremosas, purês, mingau, carnes batidas e frutas batidas. O teor de fibras é normal.
  • Leve: Indicada para pacientes com função do trato gastro intestinal reduzida, dificuldade de mastigação e deglutição e pós-operatórios.
    Composta de alimentos como sopa, carne moída ou desfiada, legumes e verduras cozidos. O teor de fibras é normal.
  • Branda: Seguida por pacientes com dificuldade de mastigação ou deglutição, pós-operatórios, com gastrite ou úlcera péptica.
    Alimentos gordurosos, frituras, condimentos, conservas e bebidas alcoólicas devem ficar de fora, incluindo todos os outros tipos de alimentos. O teor de fibras é normal.

Comente!


Voltar ao topo ↑